O prazo de internação do médium João de Deus no Instituto de Neurologia de Goiânia foi prorrogado por mais dez dias pelo ministro Nefi Cordeiro, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Réu por violação sexual e estupro de vulnerável, João de Deus deixou o Complexo Prisional, em Aparecida de Goiânia, exatamente um mês atrás, em 22 de março, para ser internado na unidade d...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários