O Ministério Público de Goiás (MP-GO) pediu, nesta quinta-feira (15), a nulidade do habeas corpus (HC) que foi concedido ao padre Robson de Oliveira Pereira pela 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO). O pedido foi de embargos de declaração (uma modalidade de recurso) e se baseia na se baseia em falta de oitiva do MP, que fere o Código de Process...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários