Mesmo com mais de 64% dos leitos ociosos, o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage (Hugol) tem conseguido cumprir as metas de atendimento propostas no contrato entre a Agir, organização social que gerencia o hospital, e o governo do Estado. Em quatro meses, foram realizadas 3.717 cirurgias; uma média de 929 por mês. O contrato previa 3.350 procedimentos cirúrgicos nos ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários