O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego) anunciou na tarde desta quarta-feira (23) que 50% das escolas da rede estadual em Goiás aderiram à paralisação, que ocorre desde a última segunda-feira (21) no Estado. Conforme a presidente da entidade classista, Bia de Lima, o movimento surgiu após a proposta do governo estadual em parcelar o pagamento do sal...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários