Mesmo após não ser indiciado pela morte do menino Danilo de Sousa Silva, de 7 anos, o padrasto Reginaldo Lima Santos, de 33 anos, segue preso de forma preventiva, afirmou a Polícia Civil (PC) durante coletiva na tarde desta segunda-feira (10). De acordo com o titular da Delegacia Especializada em Investigação de Homicídios (DIH), Rilmo Braga, a corporação não pode expedir um...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários