Arthur Afonso Ferreira Sousa, de 11 anos, atropelado por um ônibus em Goiânia nesta quinta-feira (28) seguia carreira como jogador de futebol, conforme relato de pessoas que conheciam o menino. Um antigo professor do menino, que não quis se identificar, conta que ele jogava futsal na capital e tinha o sonho de ser um grande jogador de futebol profissional. "Ele esta...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários