A defesa de Arnaldo Pereira, acusado pelo padre Josinaldo Filomeno da Silva de ter sofrido ameaça de morte dele durante missa no setor Jardim América, em Goiânia, no último domingo (11), relatou que o homem esteve no 7º Distrito Policial (DP) da capital nesta quinta-feira (15) e afirmou que houve uma confusão e que não ameaçou o sacerdote. Ele também informou que não esta...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários