O movimento negro de Goiânia realizou nesta segunda-feira (23) novo protesto contra o assassinato de João Alberto Silveira Freitas, espancado em um supermercado da rede Carrefour, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, na última quarta-feira (18). O ato da capital goiana se soma a dezenas de manifestações contra o caso, que é apontado como possível crime de racismo.&n...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários