Mais de 400 pessoas já morreram em decorrência do novo coronavírus (Sars-CoV-2) em Goiás. Somente nas últimas 24 horas, 25 novas mortes foram confirmadas, segundo os dados do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde de Goiás (SES-GO) divulgado nesta sexta-feira (26). De ontem para hoje, foram confirmadas mais 832 infecções por Covid-19, totalizando 20.948 pessoas infectadas pelo vírus. 

 

Nesta semana, o Estado bateu o recorde na quantidade de óbitos registrados no período de 24 horas, com 34 mortes, na última quarta-feira (26). Chama a atenção também que nos últimos cinco dias Goiás confirmou 106 mortes. Isso quer dizer que 25% dos 409 óbitos foram registrados neste período.

Uma das vítimas é a técnica em enfermagem Marilda dos Reis Costa, de 64 anos, que faleceu nesta madrugada. Ela foi testada e diagnosticada com a Covid-19 no Hospital de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro Cruz (Hugo), onde trabalhava desde 1994. Depois de ter uma piora no estado de saúde, ela foi encaminhada para o Hospital de Campanha para o Enfrentamento ao Coronavírus (HCamp), em Goiânia, onde foi internada e faleceu.

Na última semana, Goiás também bateu o recorde de quantidade de novos casos notificados em um só dia, com 2.350 registros. No Estado, há 53.483 casos suspeitos em investigação. Outros 27.110 já foram descartados. Há 42 óbitos suspeitos que estão em investigação. Já foram descartadas 407 mortes suspeitas nos municípios goianos.

Perfil

Entre os 20.948 goianos infectados pela Covid-19, 52,1% são do sexo masculino e 47,9% são do sexo feminino. A faixa etária mais afetada é a de pessoas com idade entre 30 e 39 anos, com 5.787 infectados.

As principais comorbidades apresentadas pelos infectados são doenças cardiovasculares (1.245), diabetes (836), doenças respiratórias (541) e imunossupressão (163).