O Conselho Federal de Medicina (CFM) encaminhou, nesta semana, orientação aos Conselhos Regionais de Medicina (CRMs) solicitando a inclusão de nomes sociais de médicos transgêneros e travestis nos cadastros que são disponibilizados para consultas públicas. A decisão foi tomada após análise de alguns profissionais e agora, os nomes sociais estarão ao lado de nomes civis. Q...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários