Os três médicos goianos recém-formados que estão em Kursk, na Rússia, tentando voltar para o Brasil conseguiram a ampliação do prazo de validade do visto de permanência no país. Agora eles têm até o mês de setembro para continuarem em território russo de maneira legal. Os médicos temem, agora, é que a questão financeira seja mais uma barreira, já que o planejamento d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários