Dois dos sete médicos investigados por fraude na folha de ponto do Hospital de Doenças Tropicais de Goiânia (HDT) prestaram depoimento nesta quarta-feira (11), no Ministério Público de Goiás (MP-GO). Os profissionais Rodrigo Sebba e Danilo Augusto Teixeira foram ouvidos pela promotora de Justiça Villis Marra Gomes e negaram as acusações feitas pela direção da unidade d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários