O Ministério Público de Goiás (MP-GO) denunciou o médico oftalmologista João Paulo Peloso Reis Passos e propôs ação de improbidade contra o profissional. Segundo o órgão estadual, o especialista fazia cobrança extra de pacientes em cirurgias realizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no município de Rio Verde. O MP-GO requereu o bloqueio de bens do réu, além d...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários