Na madrugada do dia 9 de setembro de 2017, a vida do marceneiro Wallacy Maciel de Farias, então com 24 anos, foi interrompida durante uma abordagem policial em uma rua pouco iluminada no Residencial Canadá, Região Oeste de Goiânia. Junto com isso, nos dois últimos anos, a vida, a saúde, os planos e as convicções da mãe do jovem mudaram radicalmente. Desde a morte de Wal...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários