A mãe do bebê de 1 ano e 8 meses que foi assassinado em Rio Verde no último dia 31 de agosto foi liberada da prisão. O suspeito do crime é o companheiro da mãe, padrasto da criança que confessou o homicídio e tortura. A mulher havia sido presa por omissão, mas foi liberada após determinação judicial porque amamenta uma menina de sete meses que é filha do casal. A...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários