Depois de se arrepender de ter entregue a filha recém-nascida para um casal logo depois do parto, uma mulher foi à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) pedir ajuda para conseguir encontrar a criança. O homem com quem ela havia combinado a adoção à brasileira (prática ilegal que consiste na entrega de crianças pelos pais biológicos para que outras pess...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários