O laudo do Instituto Médico Legal (IML) constatou diversas lesões novas e antigas indicando tanto agressões físicas quanto sexuais no corpo de uma criança de dois anos que teria sido morta pelo padrasto de 17 anos, no Setor Eldorado Oeste, em Goiânia, na madrugada de domingo, dia 3. Segundo a Polícia Civil, no dia da morte, o adolescente acionou o Serviço de Atendimento M...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários