O avanço dos casos de Covid-19 em Cavalcante, no que as autoridades já chamam de segunda onda da epidemia no Brasil, fez com que a prefeitura local adotasse uma versão da lei seca estadual ainda mais rigorosa, proibindo o consumo de bebidas alcoólicas em qualquer horário dentro de estabelecimentos como bares e restaurantes ou mesmo em espaços públicos como ruas, praç...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários