A aprovação de uma lei pelo Senado Federal na última quarta-feira (15) pode aumentar a quantidade de internações de pacientes que fazem uso abusivo de álcool e outras drogas. A nova legislação, que ainda precisa ser sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), facilita a internação involuntária de dependentes químicos, principalmente aqueles que não possuem vínculo...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários