A partir deste ano, a verba do Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás (FAC) poderá ser usada para custear despesas da Secretaria de Estado de Cultura de Goiás (Secult). A mudança, que está na Lei 20.937, do dia 28 de dezembro de 2020, levantou discussões entre produtores culturais goianos, que temem que novos editais para produção de projetos culturais sejam extintos....

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários