Pablo da Silva Faria foi condenado a mais de 22 anos de prisão em regime fechado pela juíza Placidina Pires, da 1ª Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organização Criminosa e de Lavagem de Capitais da comarca de Goiânia. O homem participou do roubo de um carro-forte na BR-040, em Cristalina, em 26 de novembro de 2018, e é apontado como o líder desse grupo especializado na prática de crimes contra instituições ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários