Em decisão liminar, o juiz substituto em 2º grau, Fábio Cristovão de Campos Faria, indeferiu o recurso do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) contra a decisão da Justiça que negou liminar para que apenas os profissionais da segurança pública que exercem atividades nas ruas sejam vacinados contra a Covid-19.  Na decisão, magistrado escreveu “verifico que se...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários