A Justiça de Goiás ordenou que a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) passe a aferir a temperatura e níveis de oxigênio em todo o sistema prisional. A decisão foi do juiz Wilton Müller Salomão, da 5ª Vara da Fazenda Pública Estadual, que determinou, liminarmente, que além do trabalho de aferição, nos casos em que houver suspeita de infecção pelo novo c...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários