O jovem de 18 anos acusado pelo assassinato da japonesa Hitome Akamatsu, em Abadiânia, teve a prisão em flagrante convertida em preventiva na tarde desta quarta-feira (18). A decisão do juiz substituto Fernando Chacha considera haver indícios que comprovam a responsabilidade do acusado e por isso determinou a manutenção da prisão. A japonesa Hitome Akamatsu desa...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários