Atualizada às 18h36 A Justiça manteve a prisão preventiva do ginecologista e obstetra Nicodemos Júnior Estanislau Morais, de 41 anos, durante audiência de custódia que aconteceu na tarde desta sexta-feira (8), em Abadiânia. Na decisão, o juiz Marcos Boechat Filho determinou que no prazo de 48 horas, documentos referentes a necessidade da manutenção da prisão ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários