O juiz federal Alderico Rocha Santos, em substituição na 11ª Vara Criminal de Goiânia, determinou o sequestro e o arresto de bens de 21 pessoas físicas e jurídicas ligadas a Carlos Augusto Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, preso desde o dia 29 de fevereiro, quando foi deflagrada a Operação Monte Carlo. Os bens apreendidos já avaliados somam R$ 81 milhões, ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários