A Justiça suspendeu uma série de medidas editas pelo Ministério da Educação (MEC) em novembro de 2018 que impediam o ingresso de novos estudantes no curso de Medicina da Faculdade Potrich (Famp), localizada em Mineiros, Sudoeste do Estado. A ação que restringia o funcionamento da faculdade foi provocada por denúncias do Conselho Regional de Medicina de Goiás (Cremego...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários