No dia 10 de julho deste ano, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região negou à apelação de um bombeiro militar que buscava na Justiça o direito a pensão especial vitalícia devido ao acidente radioativo com Césio 137, que ocorreu em Goiânia no ano de 1987. A 3ª Vara da Seção Judiciária de Goiás já havia julgado improcedente o pedido e o requerente recorreu. Segund...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários