O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás determinou que o prefeito de Turvânia, Fausto Mariano Gonçalves, apague das suas redes sociais os vídeos onde aparece acusando o fazendeiro Laerson Zica de causar transtornos ao município.  O prefeito foi processado pelo produtor rural após a grande repercussão das publicações na internet. O primeiro vídeo compartilhado na página do Facebook de Fausto Mariano, há um mês, teve mais de 140 mil visualizações. Em caso de descumprimento, o gestor municipal pode ser mu...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários