O juiz Felipe Barbosa, de Águas Lindas de Goiás, decidiu após audiência de custódia na tarde desta quinta-feira (14) manter a prisão dos três homens que foram presos suspeitos de terem envolvimento em estupro coletivo contra uma mulher de 25 anos durante uma festa no município, no último sábado (9). Dois homens seguem foragidos. Segundo o Tribunal de Justiça de Goi...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários