Um fazendeiro de Goiandira, na região metropolitana da capital, foi condenado pela Justiça a plantar 110 mudas de árvores em áreas de preservação ambiental e de nascentes em sua propriedade. Em 2009, de acordo com a denúncia, ele mandou cortar dez pés de aroeira do local e orientou um funcionário que utilizasse o material na construção de cercas. Na decisão, o juiz...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários