Os ex-reitores da Universidade Estadual de Goiás (UEG), José Izecias e Luís Arantes, o ex-defensor-geral do Estado, João Paulo Brzezinski e o ex-prefeito de Anápolis, Pedro Sahium, tiveram os bens bloqueados pela Justiça, que abriu processo contra eles por desvio de recursos públicos da instituição de ensino superior em 2006, às vésperas das eleições ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários