O pedido do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, de Petrolina (PE), de remoção ou bloqueio do perfil 'Beatriz Clama Por Justiça' no Facebook, foi negado pelo juiz Josafá Moreira. A instituição entende que a página online denigre a honra do colégio, mas o juiz considera que o perfil não traz prejuízos para a instituição. A menina Beatriz Angélica Mota foi assassinada com ce...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários