O jovem, de 17 anos, suspeito de dopar, estuprar e matar a estudante Amanda Silva, de 15, teve sua apreensão temporária convertida em provisória. A decisão tem duração de 45 dias e durante este tempo a sentença deve sair. O crime aconteceu na última sexta-feira (2) e desde então o rapaz estava recolhido em uma delegacia de Cristalina, na região do Entorno do Distrito F...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários