O jovem, de 18 anos, suspeito de matar o sogro a facadas para defender a namorada, na última sexta-feira (13), em Senador Canedo, continuará preso. Nesta segunda-feira (16), ele passou por audiência de custódia, no Fórum daquele município, e o juiz Carlos Eduardo Martins da Cunha determinou que a prisão em flagrante seja convertida em preventiva. O caso ocorreu no ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários