Vítima do acidente entre um ônibus do transporte coletivo e um caminhão na tarde de quinta-feira (8), em Goiânia, Igor Mota Queiroz, de 29 anos, segundo relatos da família, trabalhava como freelancer em eventos, gostava de estudar e ajudava a cuidar do pai, de 65 anos, que tem pressão alta e diabetes. Ele era um dos aproximadamente 20 passageiros que estavam no ônib...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários