A Delegacia da Mulher de Buriti Alegre representou, na manhã desta segunda-feira (20), pela prisão preventiva do suspeito de matar a ex-companheira Yasmin Bialk, de 21 anos, que estava gravida de três meses. O crime aconteceu na noite do último do sábado (18), em Água Limpa, no interior de Goiás. Em vídeo, o responsável pela investigação, o delegado, Anderson Araújo...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários