Oito dias após ser internado no Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMPA), na região metropolitana da capital, João Teixeira de Faria, de 78 anos, o João de Deus, recebeu alta médica neste sábado (5) e regressou para o Complexo Prisional, no mesmo município.

Na sexta-feira, dia 27 de setembro, o líder religioso foi liberado para fazer exames na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Flamboyant por ordem judicial, mas reclamou de fortes dores no peito, foi encaminhado ao HMPA e internado após avaliação médica.

Ele foi levado, ontem (4), para fazer exames cardíacos em uma clínica particular no Setor Marista, em Goiânia, e depois retornou ao HMPA. Hoje, com nova avaliação, a equipe médica decidiu conceder alta hospitalar ao médium. “O HMAP informa que o paciente João Teixeira recebeu alta nesta tarde, 5, e já retornou para o presídio. Ele seguirá com tratamento ambulatorial adequado, conforme indicação médica”, disse o hospital em nota.

João de Deus está preso desde o dia 16 de dezembro de 2018 e nega todos os crimes. Segundo o Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), o médium é réu em nove ações por crimes contra a dignidade sexual e em mais duas ações por posse ilegal de armas de fogo e munições.