Em meio a uma corrida mundial para desenvolver uma vacina que proteja as pessoas contra o coronavírus (Sars-CoV-2), a farmacêutica AstraZeneca e a Universidade de Oxford, que estão desenvolvendo um imunizante que é a grande aposta do governo federal anunciaram nesta terça-feira (8) que os testes, que estão em fase final, foram paralisados. A professora do Instituto...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários