Uma vistoria convocada pelo judiciário encontrou problemas de estrutura no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Goiânia, no Conjunto Vera Cruz, região Oeste da capital. A unidade, que interna jovens e adolescentes já sentenciados, foi cenário do assassinato de dois internos em um intervalo de cinco dias. Segundo as autoridades que participaram da inspeção, h...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários