O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) informou que em dezembro do ano passado foi elaborada uma recomendação conjunta para que diretores de colégios militares e os integrantes das associações de pais e mestres não pudessem vincular a prestação de serviços nas escolas ao pagamento de taxas ou contribuições.O MP-GO veta a insistência na cobrança da taxa e d...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários