O contato com a música aconteceu na infância. Com o pai trompista da banda do Corpo de Bombeiros, Thierry de Lucas Neves lembra quando observava o pai ensaiar sentado na sala de casa. “Achava incrível vê-lo soprando o instrumento para sair o som”, comenta.Ainda criança, durante uma viagem ao Rio de Janeiro, Thierry teve o primeiro contato com aquele que viria a ser...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários