Depois de um segundo adiamento da transferência de gestão do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) e em meio a um impasse com a atual gestora da unidade em chamamento público em curso, o secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino Júnior, em entrevista ao POPULAR, informa que não há risco de o Hugo ficar sem gestão. “(O hospital) jamais ficará sem gestão...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários