O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) denunciou por homicídio duplamente qualificado o idoso, de 72 anos, acusado de matar a própria filha, de 45, no último dia 17, no Jardim Ipanema, em Aparecida de Goiânia. A vítima foi morta a tiros na empresa que administrava. Na denúncia, o promotor Milton Marcolino dos Santos Júnior, da 5ª Promotoria de Justiça de Ap...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários