Presidente da Central de Trabalhadores dos Catadores de Materiais Recicláveis (Uniforte), Dulce Helena do Vale afirma que a ideia é que os materiais beneficiados pelas cooperativas possam ser revendidos diretamente, já com o valor agregado. O isopor, por exemplo, que hoje é um problema ambiental por ter baixo valor de mercado e o alto volume, assim que passar a ser traba...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários