A empresa brasiliense Hex Tecnologias Geoespaciais, que enviou à Polícia Federal as informações sobre o vazamento de petróleo no Nordeste, é contratada do Ibama desde fevereiro deste ano para prestar serviços de monitoramento via satélite. A companhia, no entanto, afirma não ter sido acionada pelo órgão do Ministério do Meio Ambiente para oferecer as imagens, o que poderia t...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários