O MPF (Ministério Público Federal) enviou ofício ao Hucam (Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes), de Vitória (ES), para pedir explicações sobre negativa da equipe à realização de aborto na menina de 10 anos que engravidou após ter sido vítima de estupro. A criança é moradora de São Mateus (a 218 quilômetros de Vitória) e foi abusada sexualmente pelo tio, u...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários