Um homem suspeito de arrastar com uma motocicleta um cachorro vivo dentro de um saco foi preso preventivamente, na última sexta-feira (9), em Mozarlândia, a 300 km de Goiânia. O detido é investigado pelo crime de maus-tratos. O animal não resistiu aos ferimentos.

A Polícia Civil (PC) informou que no dia anterior o investigado foi flagrado por populares arrastando o cachorro, que latia e chorava. A situação foi registrada em vídeos e fotos, que foram compartilhadas em grupos de conversa por aplicativo.

Assim que polícia tomou conhecimento do caso conseguiu resgatar o animal e o encaminhou para uma ONG. No entanto, horas depois o cachorro morreu devido a extensão dos ferimentos. 

Em seguida, os policiais começaram as buscas pelo suspeito. Ele abandonou a motocicleta e fugiu a pé por uma região de mata, mas acabou sendo localizado, preso e encaminhado ao presídio da cidade. O veículo, de acordo com a polícia, por decisão judicial será avaliada e leiloada.