Atualizada às 10h23. Ismael Ribeiro, de 55 anos, morto após ser esfaqueado trabalhava a cerca de 1 mês como motorista de transporte por aplicativo. A informação é do presidente da Associação dos Motoristas por Aplicativos do Estado de Goiás (Amago), Leidson Alves. Ele contou que após a confirmação da morte do colega esteve no Instituto Médico Legal (IML) e conve...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários