O vendedor Lucas Luciano de Sousa Silva, de 24 anos, que confessou ter matado por esganadura e asfixia a esposa Letícia Bruna Lopes Santos, de 19, enquanto ela dormia, na noite de sábado, disse ontem, durante audiência de custódia, que está arrependido dos crimes.No início da audiência, realizada na tarde de ontem na 7ª Vara Criminal de Goiânia, Lucas pediu perdão ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários